jusbrasil.com.br
14 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    Estefânia lamenta falecimento de Cnéa Cimini de Oliveira

    OAB - Seccional Distrito Federal
    há 11 anos

    A presidente da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados Brasil, Estefânia Viveiros, lamenta a morte da ministra Cnéa Cimini Moreira de Oliveira, do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Cnéa foi a primeira mulher em um tribunal superior no país. "Sem dúvida ela deixa como grande legado a defesa pela maior participação da mulher no Judiciário, foi um exemplo para todos nós", afirma Estefânia. Pioneira, a ministra acreditava que a presença da mulher em todo o mercado de trabalho deveria ser comum no Brasil.

    O falecimento da ministra completa dez dias nesta sexta-feira (2). Nomeada em 1990 para ocupar vaga destinada a membros do Ministério Público, Cnéa atuou no TST durante dez anos. Ela também foi a segunda mulher no mundo a ocupar o cargo de ministro em tribunal superior.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)